terça-feira, 1 de setembro de 2009

- TRISTEZA!!!

É assim que eu estou me sentindo, sozinha, profundamente triste e com muito frio!
Ontem eu fiquei sem Net praticamente o dia todo, então me desculpem por não ter entrado nos blogs de voces amigas!
E ontem minha mãe me ligou, triste, chorando...
Eles, meus pais, vão fazer 50 anos de casados, e eu vou lá em outubro para o Sul passar esta data tão importante com eles!
Estou fazendo vários planos, fazendo vídeo desde o namoro, casamento, filhos, filhos crescendo, filhos casando, netos..., estamos treinando uma música prá cantar prá eles com meu filho e filha tocando violão, estamos preparando presentes , estou fazendo um curso de scrap para fazer um album especial para eles.. e minha mãe me disse que não estava feliz, porque meu pai, que está com mal de alzheimer, e está piorando, apesar dos remédios que ele toma para retardar esta doença que não tem cura.
E minha mãe sofre, mais que todos nós, ela é a cuidadora, é isto que esta pobre mulher lutadora é - cuidadora- deste homem maravilhoso, um pai carinhoso, um homem gentil, romântico...são tantos adjetivos para o Seu Aloisio-como todos o chamam - ele sempre é atencioso, camarada, sorridente, e agora minha mãe virou a cuidadora, a mãe deste homem-de esposa, amiga , amante ela passou a ser cuidadora... ela chorou muito, e acho que vai ficar doente também, está depressiva - pq aquele homem já não existe mais, ele tem todos os sintomas desta doença, daí tem dias que ele melhora e é ele de novo, no outro já é o alzheimer - daí que ouvi esta mulher apaixonada por este homem ainda , chorando , desesperada, que não sabia mais o que fazer, que não tinha mais forças.
Só quem assistiu alguém com esta doença, sabe o que eles fazem... Então ontem caiu a ficha... meu pai está com mal de alzheimer! ele não é mais o meu paizinho que me chamava de lêndea(que na voz dele fica tão carinhoso). o meu pai está indo embora... e minha mãe - a mulher forte não está mais forte!
então ontem e hoje - estou assim .... triste, me sentindo abandonada do meu pai que tanto amo, e sem poder ajudar a minha mãe, que sofre também por não ter mais aquele homem maravilhoso!
AQUELE HOMEM QUE TODO DIA 29 DE TODO MÊS(O DIA QUE ELES SE CASARAM) , TRAZIA UMA ROSA PARA MINHA MÃE!!!!!!!

57 comentários:

Cynthia Saccoman disse...

Imagino que deve ser muito difícil essa doença.
Mas tenho certeza que Deus dará forças necessárias para sua mãe e para toda a família!
Fiquem com Deus!
Uma terça feira abençoada para você, sua família e seus pais!
Um grande beijo

Alethéa Casal disse...

Sei que é muito didícil ver aqueles que sempre foram nossa fortaleza fracos, precisando de apoio. É muito difícil para um filho se ver no lugar dos pais: consolando ao invés de ser consolado, sendo forte ao invés de ser aquele que recebe o afago na cabeça...

Mas o que posso te dizer é que isto só vai te fortalecer. Tenha certeza. Te tornará uma mãe, esposa, e um ser humano melhor. Mais capaz de lidar com as adversidades.

Se concentra nos preparativos dos 50 anos! Isto vai te aliviar.

Fica com DEUS!

Grande abraço!

Priscila disse...

Olá querida, que Deus dê força para você e sua família, espero que a festa de 50 anos seja muito especial, fique bem e com deus...
Bjs querida....

Nani Veiga disse...

Oi,eu vou orar muito por vocês...
Não fique assim,tenha força para poder ajudar a sua mãe.
Eu imagino que seja muito difícil,mas Deus está com vocês..
Fique com ele e não se entristeça...
Bjs
Nani

Laura disse...

É muito dificil ver as pessoas que amamos, que nos deram a vida, estarem tristes. O seu pai sendo consumido pela doença e sua mãe vendo o homem da vida dela, que com certeza sempre a protegeu, precisando agora de sua proteção. Mas tenha fé e pense que embora não entendamos nada da vida, tudo tem um propósito. Força. Bjs.

Ví por aí... disse...

Ei amiga...
Ânimo!!!!!!!!!
É nessa hora que a família precisa unir forças...
Sozinho, ninguém aguenta...
Juntos, suportarão tudo isso e muito mais...
Lembrei de tudo que passei com meu sogro...ele também tinha Alzeimer...
Conviví com esta doença desde meu início de namoro...
Me cortava o coração ver marido conversando com ele e perguntando:
-Pai, qual o meu nome???
E ele sorria, fingia que sabia, desconversava e não falava...
Simplesmente pq ele não sabia...
Havia se esquecido...
E aí, rolava aquela lágrima silenciosa no rosto de meu marido...
Em compensação...meu sogro se lembrava muito da infância dele...dos irmãos...das brincadeiras e peraltices...casos e mais casos...com riqueza de detalhes...Me contava tudo e eu ria horrores...
Impressionante...
E foi assim que descobrí o alzeimer...tive a infelicidade de conhecer o alzeimer...
Até então era novidade p/ mim, pois na minha família, as pessoas morriam de "velhice" mas completamente lúcidas...
Com tudo isso, sei o quanto é triste para um filho/filha...Muitas vezes me coloquei no lugar de marido...Ou tentei me colocar...
Mas uma coisa é certa...guardo a certeza de que Deus é quem sabe de todas as coisas...e quem nos dá sabedoria dia após dia para suportarmos tudo!
E é sobre esta certeza que venho te falar hoje...
É esta palavra de carinho que venho lhe deixar hoje...
Ore, peça a Deus, sabedoria que vem do alto...para que todos vejam o amor em você...e que nesta hora, a família se una cada vez mais...junte forças para levar o "papai" no colo...que é o que ele precisa...
Seja forte...demonstre toda a sua garra (peça à Deus e ele certamente lhe concederá...), demonstre também tranquilidade para sua mamãe...
Ela também precisa de muito carinho e atenção...
E precisando desabafar...de um ombro amigo...um abraço apertado...
ESTAMOS AQUI!
Beeeeeeeeeeeeeeeeeijo grande...
Da Jô...
Que Deus abençoe toda a sua família!!!

Quarto de Despejo disse...

Lucia,

Eu sei bem o que é isso.
Minha avó teve essa doença, e é muito triste.
Principalmente para quem está o tempo todo junto com o doente.
Ela vem de mansinho, e é de um dia pro outro que nos damos conta dela.
Depois de uns meses que minha avó estava assim, eu pensava comigo que ali estava só a "casca" dela, achava que a Essência não estava mais ali. Não sei se é um erro pensar assim, mas era assim que eu via. E aquilo doia muito, ver aquela pessoa que era tão ativa e alegre, ali, apática.
O fato é que quando ela morreu, eu estava ao lado dela, e as últimas frases,foram completamente lúcidas, com sentido, o que me fez crer que por mais que não pareça a Essência está ali o tempo todo, apesar do doença!!
É necessário muita paciência e força para estar diariamente com quem tem alzeimer.
Sempre que possível dê suporte a sua mãe. A barra é pesada!
E não deixem de estar alegres na festa de 50 anos de casamento do "Seu Aloisio" com sua mãe.
Tenho certeza que ele vai gostar muito!

Um beijo com carinho,
Lucia

guida disse...

Estou aqui para lhe dar toda a força deste mundo, que façam uma linda festa a comemorar 50 anos de muito amor, muito companheirismo, muita dedicação. Hoje em dia é raro isso acontecer. Que Deus dê a sua mãe todas as forças deste mundo para poder cuidar do seu pai com todo o carinho. Fikem com Deus e que tudo corra pelo melhor. E quanto a si, pense q teve sempre a seu lado um pai maravilhoso, amigo, um pai sempre presente, recorde tudo de bom e que apesar da doença que o está a consumir ele precisa muito de si dos seus carinhos da sua "lendea" junto dele.
Tudo de bom para o Sr Eloisio, para sua mãe e para si, e não pense que está a ser abandonada, seu pai a ama, mas neste momento expressa o seu amor de uma outra forma.
Um grande beijinho

Taia Assunção disse...

Só posso lhe oferecer solidariedade em forma de oração. Meu pai está se tratando de um câncer na garganta e minha mãe também passou de mulher a cuidadora. É deveras triste. Tem horas que tudo que ela precisa é de colo. E nós passamos de filhos a pais, dando consolo aos nossos. Beijocas e cuide-se!

Noah disse...

Oh Lúcia,
Sei que é um momento difícil para vocês, mas precisas ter força para dar força à sua mãe, ela desabafou esperando isso, que dês ânimo a ela. A gente nunca está preparado para as adversidades da vida, embora a gente saiba que acontecem. Neste momento Deus nos encoraja e, de uma hora para outra estamos enfrentando com garra e ajudando as pessoas que precisam de nós.
Como já disseram, te concentra no trabalho bonito de homenagem a teus pais e fica bem tá?
Um abraço bem forte e meu carinho

Luciana Casado disse...

Imagino que deva ser muito difícil para tua mãe. Mas ânimo, por que afinal de contas o grande amor da vida dela ainda está ali, nem que seja no brilho dos olhos qdo eles se olham.
Vou rezar muito para que Deus dê força para tua mãe e para toda a tua família!
Bjus, Lu

Wlady disse...

Que triste.
Uma data tão linda, 50 anos de casados. Parabéns para eles.
Espero que tudo transcorra da melhor forma possível para todos.
Ontem eu estava conversando com meu marido e disse que acho que a melhor fase que vivemos é aos 20, 30 anos, porque estamos concluindo Faculdae, casando, cheios de planos, alegria, nossos pais estão relativamente novos. Hoje estou na casa dos 40, meu pai infelizmente já se foi, minha mãe também está adoecendo, está sendo investigada a possibilidade de Alzheimer, o que tem me deixado apavorada.
Enfim, nada fácil!
Desejo que seu coração se acalme!
bjk

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Nem sei o que dizer... pois o que está a sentir é mais forte que todas as palavras...
Mas ñ vá desistir de demonstrar todo o amor e carinho que tem por seus pais... e nessa comemoração vai ser um ponto alto na Vida de ambos...
Se unam mais do que nunca p/ dividir cada alegria... mas tb as tristezas... será menos doloroso...
Que tenhas a Força e a Coragem p/ enfrentar cada dia... pensando que tudo fizeram p/ o seu melhor...
Bjs e vou ficar torcendo p/ que tudo se torne mais leve

Fiosdealfazema disse...

Olá Lu
continua com todos os planos que tinham pensado para festejar o aniversário de casamento dos teus pais. As pessoas são o somatório de todos os momentos bons e maus e todos esses momentos são importantes. Ele vai estar lá com as suas limitações mas vai estar lá com a tua mãe. Um pouco diferente mas... com todo o amor que vocês têm uns pelos outros vão ultrapassar esta adversidade. Força.
Beijos
Maria Tavares

inspirações da Jô disse...

Lú,
Nossa, a hora que eu vi essa foto sua na janela e li o título, pensei: não,isso não combina com você,não tem seu jeitinho, sua alegria...
Olha, eu imagino o que você está sentindo nesse momento, mas você não pode deixar os problemas te derrubarem, pois o grande desafio da vida é sabermos vivê-la e não entregar os pontos!!!!!Viva sim a sua tristeza, mas não se entregue à ela, pois Deus existe e te dará forças para poder de alguma forma amenizar sua tristeza e dar forças à sua heroína,sua mamãe para dar todo o carinho e atenção necessários ao seu Aloisio;não desanime, você tem que ter forças para de alguma forma ajudar sua mãe,mesmo longe, mas quando uma pessoa já se encontra com indícios de depressão, mesmo que tudo possa ser negativo, você tem que elevar sua auto-estima, e sempre sempre falar palavras reconfortantes e que tragam paz na alma de sua mãe!!!!
Força, porque tem gente que precisa de você!!!!!!!É nesses obstáculos que a vida põe em nossas vidas que chega a hora em que se há de reagir e não cruzar os braços, mostre sua força, sua garra, sua fibra, você é isso, você nos transmite isso, e NUNCA deixe a aflição e tristeza te derrubarem!!!!!!!!!Deus é pai e sabe o melhor para todos nós, entregue sua vida, seu coração e mente à ele, e faça seu pedido, pois ele pode realizar seu desejo!!!!!!!!
Se eu tivesse aí pertinho de você, te daria um abraço bem apertado, mas como não estou, sinta toda energia positiva e carinho que transmito à você!!!!Fique bem, com DEUS e manda um abraço para sua mamãe!!!!!!!!!

Luci disse...

Lucia, minha mãe foi a pessoa mais forte que conheci na minha vida. Minha melhora amiga. Ela teve Parkinson e demência parkisoniana que é igual ao alzeimer. Não é fácil, nem um pouquinho. A perdi em vida e os papéis se inverteram, eu a mãe e ela a filha. Mas com tudo ela não deixou de ser carinhosa.O parkinson acabou com ela. Morreu com 30 kg sem nenhuma massa muscular praticamente.
O alzeimer pelo menos atingi a parte mental somente, o que já é uma atenuante.
A pessoa que cuida precisa de muito cuidado também. Li que muitas vezes desenvolvem doenças por conta de todo o estresse. Não foi fácil para mim, que tive irmão e um anjo da guarda ajudando em tudo e era bem mais nova que ela. Imagino para sua mãe.
Ela vai sim precisar de muita atenção e cuidado. Até que você a ouça como fez ontem, que a deixe desabafar e dê muuuito carinho mesmo.
Peço a Deus que lhes dê força para passar por esse momento.
Que Ele lhes abençoe.

Ana Rezende disse...

Sei que é muito dificil ver aqueles que tanto amamos passando por momentos assim, ser filhos e estar no lugar dos pais, consolando, cuidando, dando força e apoio, mas isso com ctz irá te fortalecer muito, e no final essa linda história de amor vai dar uma grande festa de 50 anos, essa data linda,q ue só quem viveu sabe oq ue é!
Beijinhos querida, se cuida.

analu disse...

Lucia!!! Fiquei muito triste por ti, nada que eu falar vai amenizar a tua dor.Força no teu coração,sei que és capaz, lembre sempre dos momentos bons que viveste e vive com ele.tua mãe vai precisar da tua luz!!!!Fica com Deus.Força muita força para ti. Beijocas Ana Lucia

Elen disse...

É tão dificil nessa hora encontrar as palavras certas a dizer pra vc, se é que elas existem...

é um momento duro, cheio de dor pra sua mãe.

Dizer que sei o que ela está sentindo seria mentira minha, mas gostaria de dizer que estou por aqui, se precisar conversar.

Não gosto de ver uma imagem dessas sua (apesar de pouco tempo que te conheço, percebesse que vc não é uma pessoa triste)

mas espero que vc e sua mãe encontrem forças suficientes para prosseguir e continuar essa luta...

abraços cheirosos e carinhosos

Lena disse...

OLá amiga, estava lendo seu texto e um filme passava pela minha cabeça. assisti esse filme c/ meu pai e minha mãe tbém, minha mãe na incansavel luta de ver uma melhora em seu companheiro, mas infelizmente não tem volta, e vc sabe disso por isso tanta tristeza não é, o que mais posso lhe dizer minha querida a não ser p/ que tenham muita paciencia com ele, que sejam fortes p/ segurar essa barra tão pesada e sofrida e que não falta carinho ,essas pessoas viram crianças novamente.Quero te deixar um gde e forte abraço, se precisar estarei sempre pronta p/ te dar colo.
bjs,
lena

Fatima disse...

Que Deus esteja sempre com vc e sua família.
Conte comigo amiga se precisar.
Bjs.

Maria Lúcia disse...

Querida Lúcia, o entardecer da vida vem para todos nós, mas há uma outra vida infinitamente melhor, prometida por Jesus, e eu vivo por esta maravilhosa esperança. Gostaria de lhe mandar um livro "Sinais de Esperança", que certamente lhe encherá de consolo e esperança, nesta fase de sua vida, que mais cedo ou mais tarde acontece com todos nós,a despedida de nossos amados pais.Você me parece muito boa filha, e Deus vai sempre lhe segurar pela mão. Ele é o nosso eterno Pai. Na terra temos um pai passageiro. No céu, temos um eterno.Se puder, leia um post meu "O Último Beijo", de Julho. Fala sobre o relacionamento com nossos pais. Querida, eu espero ter lhe trazido um pouco de alento com as minhas palavras. Meu e-mail, caso queira me enviar um endereço para lhe mandar o livro: marialuciabgcastro@bol.com.br
Um abraço. Fique com Deus.

Claudia disse...

Querida, imagino sua tristeza - minha sogra tem alzheimer e toda a família sofre muito com a doença. Faço idéia do seu sofrimento e queria pode te dar um abaço pessoalmente. Espero que vc possa ficar bem pra dar forças à sua mãe.

beijos

ameixa seca disse...

É muito difícil esta situação! Sabemos que estas doenças degenerativas são complicadas e custa admitir que elas atingiram as pessoas de quem nós gostamos. Desejo-te muita força e coragem para enfrentar esta situação e ajudar a tua mãe também!
Um abraço!

Ana disse...

oi Lu

Que meomento dificil que sua família está passando...
Entre a alegria de uma comemoração e a tristeza de uam notícia asim.
Nem sei o que te dizer, gostaria de te dar um abraço agora.Força e fè !!!
Ainda bem que sei pai tem a tua mãe pra cuidar dele com carinho e amor. Vou rezar pela tua família e que teu coração fique mais tranquilo.

bju no coração amiga
ana maria

Lili disse...

Lú, minha recente q querida amiga...
Ainda choro por ter lido teu post e fico procurando as melhores palavras a te dizer depois disso tudo. Não há...
Não há consolo pro que tá acontecendo na tua vida e na vida da tua mãe... parece que só resta uma tristeza que consome a gente. Sei bem o que é perder alguém que se ama para o Alzheimer. Minha bisa já padece há 10 anos e minha vó já apresenta fortes sintomas. Duas mulheres fortes, que trabalharam muito, batalharam demais pra ter seu lugar no mundo.
Só posso desejar força pra vcs, pra suportar toda essa dor e ajudá-lo da melhor maneira que vcs puderem.
Um abraço bem apertado e cheio do meu carinho pra vc, querida amiga! :)

Dri Viaro disse...

Oi Lu, amiga, não fique triste.
Sabe, deve sermuito dificil pra vc esua mãe ver que seu pai está passando por isso, é muito mais difícil pra quem está entendendo o que está acontecendo né?
A gente olha aquela pessoa que um dia já foi tão presente, e de repente ela não se lembra de mais nada, mas vcs sim lembram.
Vou orar por vcs amiga, mas eu sempre digo e creio que para Deus nada é impossível, não há doença nem causa que esteja perdida, pq Ele é o médico dos médicos.
fica com Deus e saia que se precisar de algo estou aqui, quero tb te dizer que tenho visto muitas curas na igreja que estou congregando "mundial do poder de Deus" não sei que religião vc pertence, mas quem sabe vc não vai lá e leva seu paizinho amiga?
bjsss fica com Deus

Edimar Suely disse...

É uma situação muuito difícil e só quem já passou sabe como é.

Tenha fé em Deus, procure dar mais tranquilidade a sua mãe, para que ela possa levar adiante este trabalho árduo e de um amor infindo. Não é fácil cuidar de alguém com esta doença, principalmente, de alguém que muito se ama.

Que o Espírito Santo do Senhor traga paz, alívio, amor e consolo neste momento difícil. Amei seu espaço e voltarei mais vezes.

uma linda terça feira e muita pza em sua vida.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharoha2.zip.net

Luziane Brock disse...

Com tanta plavra de carinho pra você que mais posso dizer!
Seja forte, por você e por sua mae!
comemorem os 50 anos de casados! faça decoraçao de rosas vermelhas pra sua mae :)
e que estejas mais presente na vida de sua mae qu jamias esteve, ela vai precisar...
Tem coisas que nao tem cura, mas fé que elas pasem o mais tranquilas posivel e que tenha muita força e ajuda sempre se pode ter!
Já ves que todas estamos a seu lado, te apoiando mesmo que seja de longe, te queremos!
beijo MAlu
www.malukreando.blogspot.com

Fernanda de Oliveira disse...

Oi Lucia, fiquei muito emocionada com seu post e sei exatamente o que você está sentindo, pois aqui em casa vivemos recentemente uma situação bem parecida.

Meu sogrinho, tão querido, sofreu por muito tempo com essa doença, ficou vários meses internado e outros vários na cama... infelizmente ele faleceu em março deste ano.

Toda a família sofre, pois aquela pessoa tão ativa e cheia de vida, fica tão debilitada e isso é muito triste.

Vou orar por vocês, para que Deus vos dê forças para suportar tamanha dor.

Receba todo meu carinho.

Beijo ♥

Ge Rocha disse...

Lú, queria muito ter palavras que lhe troucessem conforto, mas não conheço nada sobre essa doença. Então fica aqui a minha torcida para que essa situação melhore, a gente sabe que hj é muito difícil um casal chegar aos 50. E eles já são muito guerreiros e vencedores por isso. Qualquer coisas estamos aqui para lhe acarinhar com palavras doces.
Grande beijo e fica com Deus.

Solange Fernandes disse...

É deve estar sendo difícil esta mudança radical de vida , principalmente para sua mãe. Mas tenha fé que deus nunca dá a cruz maior que possamos carregar. E ele não deixou de ser o seu pai, sempre será aquele homem que conheceu só que agora doente. Quando fiquei sabendo que a Valentine (minha caçula)Tinha down eu estava no 7º mês de gestação e tive que passar os piores dias da minha vida por causa de uma médica anti ética, até ela nascer. Nunca haviamos convivido com alguém com down e deus deu forças pra mim de onde nem eu sabia existir. Estaarei rezando por vocês. FÉ QUE EM DEUS TUDO PODEMOS!!! Bjs e obrigada pela dica do tarro

http://primaverilnomuro.blogspot.com/ disse...

Oi, Lúcia
Nada que se diga ajuda o que sentimos, porém não fuja dos seus piores sentimentos, sinta, chore, grite, brigue, lamente... Pois depois alivia. Não desista de nada que você programou, vai ser muito bom para ele e para vocês. No final vai dar tudo certo. O tempo é o senhor da razão.
Uma pequena oração
Ó Anjo Liblin-lá, vós que viveis para promover a renovação dos sentimentos e emoções, ajudai-me a suportar a minha tristeza até que ela se vá, dando lugar a sentimentos mais positivos e renovadores; estes sim, poderão mudar a realidade à minha volta e dentro demim. O Anjo da renovação.
Um beijo no seu ♥
Fátima Rosana

fátima disse...

é difícil saber o que falar p/ vc. eu já perdi meu pai, e sinto uma saudade muito grande todas as vezes que me lembro dele.
não sei como é a mente do seu pai, não sei ele registra alguns momentos ou não, mas acredito que a festa o fará feliz, de qquer forma.
qto à sua mãe, realmente ela vai precisar de apoio, pq é muito, muito difícil cuidar de uma pessoa doente, principalmente qdo o doente nem sequer te reconhece mais. deve ser muito duro ver o homem amado desaparecer, e dele ficar só a casca, como disse a lúcia.

um abraço muito apertado

Sabrina disse...

Oi, querida. A avó do meu marido tem 90 anos e também sofre desta doença. É um sofrimento para toda a família e uma angústia muito grande.
Muita força e conte comigo sempre.
Fique à vontade para me adicionar no msn se quiser conversar sabrinatrezze@hotmail.com

Beijinhos

Maria Papoila disse...

Oh...Nem sei que diga...
Deve doer muito...
Pena não haver nada para melhorar a doença do teu pai...
Muita força...
Beijinhos

Déia disse...

Doeu muito ler tudo isso...Eu também não entendo o motivo que a velhice tem que ser assim...
Ele terá que tomar remédio, mas talvez não volte a ser aquele seu paizinho, talvez seja outro, um que precisará muuito mais de amor!!E você precisará encher seu coração de paciencia e força!
Estou contigo, se precisar!
bj

Maura disse...

Oi Lú...
Nem sei o que dizer... Essa é uma doença muito triste...
Tenha força e saiba que, por mais que a memória e as lembraças possam ir embora, o amor por vocês sempre estará vivo no coração do teu pai!
Um forte abraço,
Maura

Saron disse...

Oi Lucia,sei bem como vc deve esta se sentindo.Minha avó tb era portadora dessa doença.Lendo sua historia me fez ate chorar pq acabei me identificando com ela.Mas tenha forças.Eu sei que vai parecer tolo o que vou dizer mas não chore .Sei que doe mas seja forte.Forte o suficiente pra aproveite cada instante junto com seu pai.E dá forças a sua mãe.Estarei torcendo por vc, de coração.
Bjos

Ruby Fernandes disse...

É difícil ter o que falar nessas horas, mas quero que saiba que torço muito para tudo ficar bem, e que você consiga dar muita força para sua mãe e assim ela também terá forças para cuidar do seu paizinho.
Bjo flor.

BRUXINHA disse...

Lucia querida, estou mais tranquila, foi muito bom conversarmos.Tenha fé em Deus e força pra ajudar sua mãe nessa hora.
um beijo e fica com Deus

Tudo com charme disse...

Ao ler seu post hoje, senti sua imensa tristeza...e tbém a da sua mãe.Mas, agora mais do que nunca eles precisam do carinho dos filhos.É difícil, eu sei. Mas com amor e dedicação as coisas ficam mais suaves.Quem sabe mandar uma flor pra ela todo dia 29...?Afinal, os filhos são os frutos desse casamento, desse amor!
Bjs querida e fique com Deus!
Jad

by Ana Claudia Souza disse...

miguinha!!!! Tem momentos que não dá para segurar a barra!! A sensação de impotência diante da situação, nos faz sentir tão pequenininha.... é difícil sim. Mais eu acredito que somos fortes sim quando precisamos e sei que vc saberá achar o equilíbrio em meio ao desespero. Lembre-se que vc não está só, vibrações positivas chegam a ti todos os dias e nosso grande mestre Jesus está sempre nos amparando.
Bjs no coração.

Casa Corpo e Cia. disse...

Ai querida... fica assim não!
Procure lembrar e ver o seu pai com os olhos de quem já viveu momentos maravilhosos com ele... aproveite bastante.

Um beijão!

Rejane.

Paulinha e Fabiano disse...

Oh, mulher... Me coloquei totalmente no seu lugar com esse desabafo... Acho que nada pior do que sentir que os muros que nos sustentam estão caindo... Mas se eles estavam em pé, é pq alguém os construiu. E esse "alguém" foram seus pais, e vc também tem essa missão: Levantar muros pra sustentar as pessoas que precisam de vc, e dessa vez é a sua mãezinha! Com certeza o muro dela já caiu, e cabe a vcs, filhos, levantarem! Mesmo que tbm precise de um pra TE segurar!
Força nessa luta, mulher!
Deus está do lado dos bons!!!
Beijão!
Paulinha
Reformando Nosso Apê

Amanda disse...

amiga já tem 45 recados aqui... imagino q vc leu de tudo um pouco, de muita gente q te adora e sente muito por esta situação...
o que dizer nestas horas para uma mulher tão cheia de força, de alegria q tanto nos anima blog a fora * eu pensei * - pois bem, querida, na verdade queria neste momento de dar aquele abraço apertado, como num posso, sinta-se abraçada, sentiu? - sou fofa mesmo tá.. rs - pois é, a vida por mais filosofias que apareçam é o palco de nossas histórias, umas boas, outras ruins... felizes e tristes... porém nada nesta vida acontece, sem que a gente perceba a divinidade dos sentimentos, da importãncia das pessoas q estão a nossa volta...
eu sou suspeita para falar sobre família... lendo o qvc escreveu sobre seus pais (tb tenho os meus aqui q vivem um eterno amor de namorados) e me deu aquele aperto no coração... e chorei tb com vc... me coloquei no lugar e fiquei imaginando o q tu sentes agora... mas o importante é não dar-se por vencida, desistir antes da batalha... a batalha é no dia a dia... nada fácil para nós pobres seres mortais... mas é pela fé que discernimento nestas horas, que respiramos fundo, e pensamos no quanto ainda vale a pena... mesmo q seu pai não possa mais discenir algumas coisas, a semente q ele plantou brota no coração de cada um de vcs... uma amiga q trabalhava comigo tinha o pai na mesma situação, para superar a dor ela dizia q todos os dias ela é quem lembrava de chama-lo de pai e de amá-lo da forma q ele merecia, mesmo ele perguntando quem era ela todos os dias de manhã...pois ela dizia q um dia ele iria embora, então era melhor ama-lo e aceita-lo sem se apegar muito ao passado, mas ao minimo q ele podia ofecerer agora...
Sobre sua mãe, sinceramente fico preocupada... quem cuida geralmente adoece junto - isso é lei para todas as enfermidades - por isso o cuidador, quanto mais ligação afetiva, mais sofre... por isso cuida bem dela, tenta amenizar ao máximo o estress do dia a dia, ...quem cuida precisa ter uma "válvula de escape" seja nas simples coisa, como ter um ofício parelelo que lhe de prazer...
Bom, desculpe se falei bobagens demais, mas eu me interesso muito por isso,meu marido é fisioterapeuta, a gente vive falando sobre este assunto... e a amiga q trabalha comigo tem o pai tb com alzeimer e tem dia não é fácil, ela apoia nos nossos ombros para seguir a caminhada...mas nessas horas nada melhor q apoiar nas mãos de Deus... e se possível q ele nos carregue nos braços não é mesmo???
Minhas orações estarão contigo hj e sempre tá querida...

amigas na risada e nas lágrimas tb. ... este é o trato! rs

Bj grandes... obrigada pelo livro mais uma vez

Mimirabolante disse...

Estou com várias amigas passando pelo mesmo problema e sei o quanto isso é difícil e triste.......e o pior......inevitável!!????Te desejo muita sorte,Fé e muita paciência e força........Fique alegre !!!bjcas....

magiadavida-jana disse...

Olá querida, acredito q nada q se diga nesse momento vai poder te arrancar essa dor ai de dentro.
É assim mesmo, as dores existem para q nos lembremos da fragilidade, do quanto perdemos, e do quanto queremos.
Aproveita, aproveita mesmo, tudo que tens hoje, ama todos os momentos, como essa comemoração linda q estas prepando, não perca tempo chorando pelo q pode acontecer, e sim sentindo o q está acontecendo.
Eu nao passei pela tua experiencia, mas posso te dizer de cadeira, q no fim o q conta foi o q foi vivido!!
Beijos mágicos

Sutana disse...

Não fica assim não, pensa que ele sempre foi uma pessoa incrível, enquanto ele estava consciente ele foi o melhor mas agora está falhando. Vc e sua família tem a alegria de ter vivido ao lado de uma pessoa tão especial. Sejam felizes por isso.
Meu sogro está com essa doença em grau leve, cada vez menos leve, infelizmente.....beijos e força, querida.

pormaisqdmais disse...

Lu, lembre-se sempre dos momentos alegres, que sempre ficaram em sua mente. Eles serão a força para superar este momento, esta doença é cruel, pois aos poucos apaga os momentos preciosos da vida. seja forte amiga. bjs 1000 - fffc

dollystar disse...

doce amiga, estou mortificada com a tua dor que compartilho em escala menor. A vida, infelizmente não nos prepara para esses momentos difíceis, para estradas sem volta...Torço por você e peço a Deus, em Sua infinita misericórdia e bondade que possa fortificar a você e sua familia
Conte com minha solidariedade e orações e que você se resigne e seja forte pois essa doença apresenta uma estrada longa com lenta degeneração que requer dos familiares muita paciência e força.
Beijos

anamineira disse...

Amiga,
Por aqui tem um ditado assim: Deus dá, Deus tira.
Agora chegou a hora do seu pai. Deus está levando ele aos pouquinhos, como fez com o meu.
Ele vai participar da equipe de Deus, no mundo espiritual.
Se prepare, pois é para uma causa justa. Sabe lá os mistérios de Deus.
Cuide dele com carinho, como sempre cuidou.
Um abraço com carinho,

Kátia disse...

Lamento mas só li seu post hoje. iamgino a dor e a luta que vcs estão passando. Apesar de tudo isso acredite que Deus nunca nos dá algo maior do que podemos suportar. Tenha fé e siga em frente aguardando a lembrança do que ele sempre significou pra vc. Estarei orando e torcendo para que no dia da comemoração ele esteja bem.
Bjokas e muita força

Kátia
tudodbomptocom.blogspot.com

Márcia disse...

Sinto muito pela situação viu !!! Espero que muita luz reconfortante ilumine todos vocês e que vcs possam ter coragem e paciência nesta vida que nem sempre é como a gente espera !!!
Beijim

Anna disse...

Estava lendo seu post e acabei chorando, pois senti o que você descreveu como fosse comigo, tive um problema um pouco parecido.
Sei que temos que ter força e aproveitar cada minuto em nossa vida.
Deus esteja sempre com vocês.

isabel tiago disse...

Nenhuma doença é boa mas esta é das mais temíveis porque nos torna vegetais e podemos estar assim dezenas de anos.É horrível perder o tino, o conhecimento e é também um fardo muito pesado para quem cuida de doente neste estado.
Não tenho casos na família mas acompanhei de perto alguns de pessoas conhecidas e só quem vê é que pode avaliar o que é cuidar de alguém com esta doença. Compreendo o seu mal estar pois tem toda a razão de ser. Sentimo-nos impotentes para ajudar visto não ser recuperável, uma vez detectada.
Um pesadelo.
Isabel

A Natureza é tudo de bom disse...

Passando pelo seu blog, li essa historia linda de seus pais e me emocionei muito, felicidade e isso uniao familiar; teu pai merece toda atenção, sei que nao é facil, DEUS te dara forças, espero que possa curtir muitos momentos felizes ao lado deles. Parabens pela familia. Beijoca no coração. Silvia